Escrito em por . Atualizado em 26/01/2019 10:10h.

Capturar

A Assessoria de Imprensa da Associação Nacional de Juristas Evangélicos – ANAJURE vem, através do presente expediente, expor aos órgãos e entidades públicas e à sociedade brasileira, o seu posicionamento diante do rompimento de três barragens em Brumadinho/MG.

Três barragens da empresa mineradora Vale, situadas na cidade de Brumadinho/MG, romperam-se nesta sexta (25/01), pela manhã, na região da Grande Belo Horizonte. Milhões de metros cúbicos de rejeitos têm atingido as proximidades, colocando a vida de muitos em risco, provocando desaparecimentos, além dos prejuízos materiais causados[1].

A ANAJURE lamenta profundamente esta tragédia e se compadece da angústia enfrentada pelas famílias que estão sofrendo com os impactos do desastre. Por este motivo, coloca-se à disposição para viabilizar serviços de assessoria jurídica pro bono às vítimas por meio dos seus membros aptos, da sua representação estadual em Minas Geras e, caso necessário, de apoio nacional. Outrossim, também se compromete a auxiliar os órgãos públicos e privados nas formas de responsabilização administrativa, civil e criminal dos envolvidos causadores.

Os interessados devem procurar a Assessoria Jurídica da ANAJURE pelo e-mail secretaria@anajure.org.br ou pelo WhatsApp: +55 79 9 9929 7869.

Brasília, 25 de janeiro de 2019

 

Igor Sabino
Assessor de Imprensa da ANAJURE
imprensa@anajure.org.br

 


 

[1] https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2019/01/barragem-se-rompe-e-casas-sao-atingidas-em-brumadinho-grande-bh.shtml