Escrito em por . Atualizado em 14/05/2019 16:44h.

34

 

A Religious Liberty Partnership (RLP) é uma coalização de organizações cristãs de diversos países, da qual a ANAJURE é membro, trabalhando em conjunto na defesa, pesquisa, assistência e na conscientização das restrições do direito à liberdade religiosa em todo o mundo, a qualquer sujeito, na sua forma mais ampla. Em anos recentes, tem abordado de forma colaborativa questões e desafios da liberdade religiosa em países como Afeganistão, China, Índia, Oriente Médio, Nigéria, Coréia do Norte, Paquistão, Síria, Sri Lanka e Vietnã. No último dia 10 de maio, a RLP publicou a “Declaração de Abuja sobre as Crises na Nigéria Central” (Abuja Statement on the Crises in Central Nigeria), chamando os cristãos para oração e ação.

Trata-se de preocupações com diversos atos de violência naquele país, praticadas por grupos religiosos radicais, dentro os quais cita-se as facções do Grupo terrorista Boko Haram, no nordeste da Nigéria, que raptaram mais de 100 meninas e ainda mantém em cativeiro a adolescente cristã Leah Sharibu, por não negar a sua fé. Destaca-se ainda ações violentas que devastam comunidades agrícolas em diversos estados, proliferação descontrolada de armas e munições e perseguição a minorias étnicas e religiosas, causando mortes e deslocamento forçado. Soma-se a tudo isto a falta de uma estratégia de segurança eficaz para combater os ataques milicianos que aumentam em frequência e organização.

A presente declaração, portanto, emitida na reunião geral do presente ano, conclama o governo nigeriano a “garantir que todas as comunidades religiosas da Nigéria desfrutem de liberdade religiosa, incluindo o direito de manifestar e propagar suas crenças, conforme consagrado no Artigo 38.1 da Constituição nigeriana” e “facilitar com urgência a libertação de Leah Sharibu, Alice Ngaddah e as restantes garotas Chibok”. O documento completo (em inglês) pode ser encontrado AQUI

Publico-768x512 (1)A ANAJURE, por sua vez, não tem sido omissa quanto a estas questões e, desde 2013, abraça a luta em favor das liberdades civis fundamentais naquele país: promoveu diversas denúncias de ataques contra grupos religiosos e destaca-se, particularmente, o apoio da ação do IPPFoRB na Embaixada da Nigéria no Brasil e a Nota Pública emitida em favor dos cristãos.

Em 2018, o presidente da ANAJURE, Dr. Uziel Santana, e o assessor jurídico internacional da ANAJURE, Dr. Felipe Augusto, estivera em Washington D.C., nos Estados Unidos, para representar a ANAJURE na abertura da Consulta Anual da Religious Liberty Partnership (RLP); a agenda incluiu discussões fechadas sobre os mais variados aspectos da liberdade religiosa e audiências no Congresso e Senado americano com parlamentares envolvidos com o tema. Em 2017, a consulta anual ocorreu no Brasil pela primeira vez em 10 anos (veja mais aqui), organizado pela ANAJURE, com plenárias fechadas de planejamento de ações em defesa da liberdade religiosa, seminários abertos ao público e também com audiências no Ministério das Relações Exteriores, Presidência da República, Senado Federal e Câmara dos Deputados.