Escrito em por . Atualizado em 31/01/2017 14:58h.

TJRJHomenagear pessoas e instituições que tenham prestado serviços relevantes à Justiça: é o objetivo do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) com o Colar do Mérito Judiciário, que desde a década de 70 confere a honraria no dia 8 de dezembro, durante a comemoração do Dia da Justiça. Por não poder comparecer na data, o presidente da Associação dos Juristas Evangélicos (ANAJURE), Uziel Santana dos Santos, foi condecorado nesta segunda-feira, dia 30, no gabinete do presidente do TJRJ, o desembargador Luiz Fernando Ribeiro de Carvalho. Ele esteve acompanhado do desembargador Fábio Dutra (membro do Conselho Diretivo Nacional da ANAJURE) e pelo Dr. Christóvão Peres (Coordenador da ANAJURE no RJ).

“O nosso intuito como jurista é servir à sociedade, e como jurista cristão, servir ao próximo como a si mesmo, essa é a nossa missão. Se de algum modo os colegas operadores do Direito entendem que isso é digno de nota, ficamos felizes, embora saibamos que não somos merecedores de tal honraria”, disse o presidente da ANAJURE, também professor universitário e atuante na área de Direitos Humanos.

Agradecendo em nome do Tribunal pelo trabalho realizado, o presidente do TJRJ ressaltou que a entrega do colar tem o objetivo de distinguir as figuras que, assim como o jurista Uziel Santana, têm atividades desempenhadas relevantes para a Justiça. “É uma forma de o Tribunal poder estreitar um vínculo de cooperação com personalidades do meio jurídico que contribuem para a cultura jurídica e para Poder Judiciário fluminense”, observou.

Em 2016, 48 personalidades foram agraciadas com o Colar do Mérito Judiciário. A lista completa pode ser conferida aqui

_______________________
Com informações do TJRJ