Escrito em por . Atualizado em 27/10/2017 18:17h.

RelatórioUm novo relatório exortou o Reino Unido e outros governos a tomarem medidas práticas que tornem a liberdade de religião ou crença uma realidade, para que assim possam estar protegidas pessoas que são vítimas de violência e discriminação. O parlamento do Reino Unido apresentou este relatório na última quarta-feira, 25 de outubro. O documento é uma iniciativa do All-Party Parliamentary Group (APPG) for International Freedom of Religion or Belief (FoRB), e marca o Dia Internacional da Liberdade Religiosa, comemorado nesta sexta-feira, 27 de outubro, que celebra a data de quando foi assinada a Lei da Liberdade Religiosa em 1998 nos Estados Unidos.

No relatório, o Dr. Ahmed Shaheed, Relator Especial da ONU para a Liberdade de Religião ou Crença, diz: “Apesar dos compromissos globais de promover e proteger a liberdade de religião ou crença, a escala das violações continua enorme, com quase 80% da população mundial vivendo em países com níveis “altos” ou “muito altos” de restrições ou hostilidades”.

Alguns pontos positivos foram percebidos pelo relatório, como o aumento da colaboração internacional para proteger e promover a liberdade de religião, como por exemplo, o estabelecimento do IPPFoRB (Painel Internacional de Parlamentares para a Liberdade Religiosa), que na América Latina tem coordenação do Presidente da ANAJURE, Dr. Uziel Santana.

O relatório completo pode ser visto em inglês neste link.

_____________________________
Fonte: World Watch Monitor
Por: Redação l ANAJURE