Escrito em por . Atualizado em 14/11/2017 11:52h.

nota.

A Frente Parlamentar Mista para Refugiados e Ajuda Humanitária e a ANAJURE – Associação Nacional de Juristas Evangélicos, por seus respectivos representantes, vem, através do presente expediente, expor ao Governo Brasileiro, à Comunidade Internacional e, sobretudo, aos Governos e às populações civis da República Islâmica do Irã e da República do Iraque, as suas condolências e o seu repúdio com relação ao que adiante se explicita:

1) No último domingo (12), a área fronteiriça do Irã e do Iraque foi atingida por um terremoto de magnitude 7.3 na escala Ritcher, considerado o terremoto mais mortal de 2017[1].

2) A região oriental do Irã foi a mais afetada, principalmente, a cidade de Sarpol-e-Zahab e a Província de Kermanshah. Ao todo, no Irã, já foram confirmadas 445 mortes e cerca de 7.100 feridos[2].

3) No Iraque, o terremoto foi sentido nas cidades de Irbil, Sulaimaniya, Kirkuk, Basra e na capital Bagdá, tendo vitimado nove pessoas, segundo informações da Cruz Vermelha. Além dos mortos e feridos, diversas pessoas foram forçadas a deixarem suas casas, aumentando ainda mais o número de deslocados internos no Iraque, um dos países do mundo com o maior contingente de pessoas nessa situação[3].

4) Desse modo, lamentamos profundamente o ocorrido e oferecemos nossas condolências aos familiares e amigos de todas as vítimas. Estendemos também o nosso pesar aos governos de ambos os países e esperamos que eles consigam se reestruturar o mais rápido possível.

5) Por fim, parabenizamos o Governo Brasileiro que, por meio do Ministério das Relações Exteriores, transmitiu suas condolências às populações e aos governos afetados.

Brasília- DF– Brasil, 14 de novembro de 2017.

 

Deputado Federal Leonardo Quintão
Presidente
Frente Parlamentar Mista para Refugiados e Ajuda Humanitária


Dr. Uziel Santana dos Santos
Presidente
Associação Nacional de Juristas Evangélicos –(ANAJURE)

 

__________________________

[1] CNN. Powerful Iran-Iraq earthquake is deadliest of 2017. Disponível em: <http://edition.cnn.com/2017/11/12/middleeast/iraq-earthquake/index.html>

[2] Idem.

[3] BBC. Terremoto na fronteira entre Irã e Iraque já é o que mais matou em 2017. Disponível em: <http://www.bbc.com/portuguese/internacional-41973996>.