Escrito em por . Atualizado em 21/06/2017 16:59h.

Leia aqui a nota em PDF

Nota Publica - Atentado em Londres.

 

A Frente Parlamentar Mista para Refugiados e Ajuda Humanitária e a ANAJURE – Associação Nacional de Juristas Evangélicos, por seus respectivos representantes, vem, através do presente expediente, expor ao Governo Brasileiro, à Comunidade Internacional e, sobretudo, ao governo e à população civil da Inglaterra, as suas condolências e o seu repúdio com relação ao que adiante se explicita:

1) De acordo com agências de notícias internacionais, na madrugada de hoje (19/06), um homem de 47 anos jogou uma van sobre um grupo de muçulmanos de origem africana que deixava uma mesquita após as tradicionais comemorações do Ramadã, mês sagrado de jejum para os muçulmanos. Ao todo, 10 pessoas ficaram feridas, duas em estado grave [1].

2) O responsável pelo ataque agiu sozinho e foi preso no local do atentado, sendo acusado de terrorismo e tentativas de homicídio. Ele afirmou que o motivo de sua ação era matar muitos muçulmanos.

3) Nos últimos dias, o Reino Unido tem sido vítima de uma série de atentados terroristas impetrados por radicais islâmicos. Dentre eles, a explosão no mês passado na saída do show da cantora Ariana Grande, na cidade de Manchester, deixando 22 mortos e dezenas de feridos. Mais recentemente, destaca-se, no início deste mês, o atentado na London Brigde, no qual sete vítimas e três suspeitos foram mortos após atropelamentos com uma van, somados a esfaqueamentos no Borough Market [2].

4) Desse modo, reiteramos as palavras da Primeira Ministra britânica, Theresa May, e condenamos o atentado de hoje como uma clara violação às liberdades civis individuais e uma tentativa de enfraquecimento da liberdade religiosa nas sociedades ocidentais.

5) Defendemos que ataques contra as comunidades muçulmanas são tão hediondos quanto os atentados cometidos por extremistas islâmicos e reafirmamos o nosso compromisso com a promoção e proteção da liberdade religiosa para todos os indivíduos, independentemente de sua etnia ou filiação religiosa. Assim, nos solidarizamos com o governo e o povo britânico e pedimos aos mesmos que se empenhem ainda mais no combate a todo tipo de preconceitos e radicalismos. 

6) Por fim, pedimos ao governo brasileiro que, por meio do Ministério das Relações Exteriores – Itamaraty, manifeste-se repudiando os atentados. O Brasil é um país diverso e multicultural, no qual todos os credos e matizes religiosos têm o seu direito à liberdade religiosa assegurados por lei, por isso é imprescindível que busque promover essa tolerância também em âmbito internacional, sobretudo diante dos fatos recentes.

Brasília- DF – Brasil, 19 de junho de 2017.

Deputado Federal Leonardo Quintão
Presidente
Frente Parlamentar Mista para Refugiados e Ajuda Humanitária

Dr. Uziel Santana dos Santos
Presidente
Associação Nacional de Juristas Evangélicos – (ANAJURE)

Dr. Jonas Moreno
Diretor para Refugiados e Ajuda Humanitária
Associação Nacional de Juristas Evangélicos – (ANAJURE)

 

___________________________________________
[1] REUTERS. Van rams Muslim worshippers in London, PM May condemns ‘sickening’ attack. Disponível em: < http://www.reuters.com/article/us-britain-security-idUSKBN19A016>. Acesso em 19 de junho de 2017.
[2] G1 MUNDO. Theresa May trata atropelamento em Londres como terrorismo. Disponível em: <http://g1.globo.com/mundo/noticia/policia-trata-atropelamento-em-londres-como-terrorismo.ghtml>. Acesso em 19 de junho de 2017.