Escrito em por . Atualizado em 10/10/2017 11:55h.

Religiões

Mais de 80 países favorecem uma religião específica, seja diretamente como uma religião oficial que recebe apoio do governo, ou indiretamente devido a um tratamento preferencial de religião em relação a outras religiões, de acordo com relatório do Pew Research Center, realizado com base em uma pesquisa junto a 199 países e territórios ao redor do mundo.

Segundo a pesquisa, o islamismo é a fé mais apoiada diretamente por governos em 27 países, enquanto que o cristianismo é em 13. A pesquisa ainda afirma que dos 40 governos que apoiam indiretamente alguma fé, 28 são do ramo cristão, tornando-a a mais favorecida.

Enquanto isso, estudos apontam que outros 10 países tratam a questão religiosa com hostilidade, entre eles estão Cuba, China, Coréia do Norte, Vietnã e seis países soviéticos (Azerbaijão, Cazaquistão, Quirguistão, Tajiquistão, Turquemenistão e Uzbequistão).

Na região do Oriente Médio e Norte da África, o Líbano é o único que não tem uma religião oficial. Dos outros três países que não têm o Islã como religião estatal, a pesquisa diz que a Síria e a Turquia claramente favorecem” o Islã, enquanto Israel é a única nação oficialmente judaica do mundo. O Pew diz ainda que o budismo é a religião oficial do estado em apenas dois países – Butão e Camboja -, porém em quatro é favorecido- Myanmar, Laos, Mongólia e Sri Lanka. O hinduísmo não é a religião oficial de nenhum país, mas o Pew reconhece a existência de um governo pró-hindu na Índia e também que, em 2015, o Nepal chegou perto de retornar às suas raízes como um reino hindu.

Um trecho da pesquisa afirma que: “Em alguns casos, religiões oficiais têm papéis que são amplamente simbólicos. Mas, muitas vezes, a distinção vem com vantagens tangíveis em termos legais ou fiscais, apropriação imobiliária do estado ou de outras propriedades, além de acesso a apoio financeiro pelo estado. Países com religiões estabelecidas também tendem a regular mais severamente práticas religiosas, incluindo restrições de local ou banindo grupos de minorias religiosas”.

______________________________________
Fontes: Pew Research Center, WWM, O globo.
Por: Redação l ANAJURE