Escrito em por . Atualizado em 09/03/2017 16:16h.

bandeira-IrãNo dia 20 de fevereiro, dois cristãos convertidos foram presos em Urmia, capital da província do Azerbaijão Ocidental, no Irã. A casa de Anousheh Reza-bakhsh e de seu filho Soheil Zagarzadeh Sani foi invadida por oficiais da inteligência da Guarda Revolucionária.

Eles são convertidos à Igreja Católica e foram batizados em Istambul, Turquia, em agosto de 2016. Após seu batismo, retornaram ao Irã, onde continuaram a ler e aprender sobre a fé cristã.

Eles foram presos e a casa deles foi revistada. Encontraram livros e materiais cristãos entre os pertences pois Soheil tem sido um seguidor fiel de programas de formação teológica cristã on-line e de canais de televisão cristã por satélite.

Ainda não há informações sobre o local da prisão e estado de saúde deles desde o dia da prisão. Acredita-se que estejam detidos no edifício de inteligência dos Guardas Revolucionários, onde o acesso à informação e aos presos é estritamente negado.

O Irã continua a monitorar e perseguir cristãos por todo o país. Muitas vezes, os detidos estão sujeitos a danos psicológicos e físicos impetrados pelas autoridades.

Os cristãos iranianos pedem oração para que:

– Os Guardas Revolucionários divulguem a localização deles;

– Mãe e filho não sejam maltratados e permaneçam com boa saúde;
– Os esforços para descobrir o seu paradeiro sejam bem-sucedidos;

________________________
Fonte: Middle East Concern