Escrito em por . Atualizado em 13/04/2018 17:33h.

Evin-Prison-sign

[Foto: Middle East Concern]

Na última quarta-feira (11), Hadi Asgari, cristão iraniano, recebeu sua liberdade condicional da prisão de Evin, após pagamento de fiança. Os cristãos do Irã estão gratos pelo acontecimento e pedem orações pela próxima audiência de apelação para Hadi, seu compatriota Amin Nader Afshari e o pastor assírio Victor Bet Tamraz. A audiência de recurso deverá ocorrer em 25 de abril ou 8 de maio, porém, ainda não foi dada uma intimação oficial aos réus.

O Tribunal de Recursos havia recusado a fiança de Hadi, porém, houve reconsiderações referentes ao acordo adequado de fiança após seu comparecimento parante um juiz, em 4 de fevereiro. Hafi foi detido em agosto de 2016, quando oficiais de segurança invadiram um piquenique em Firuzkuh, norte de Teerã, onde famílias cristãs se confraternizavam. Ele e o pastor Victor estão recorrendo às sentenças de dez anos de prisão, emitidas em julho de 2017, sob acusação de “agir contra a segurança nacional”. Amin foi condenado a quinze anos de prisão pelas mesmas acusações. Ele e Hadi foram pressionados a se converter ao islamismo, mas permanecem firmes em sua fé.

Os cristãos iranianos pedem orações para que:

– Hadi se recupere rapidamente dos 19 meses passados na prisão de Evin e desfrute de sua liberdade;

– o Tribunal de Recursos aja com justiça, revogando as duras sentença contra os três réus;

– Deus fortaleça e encoraje esses cristãos e suas famílias a permanecerem firmes em seu testemunho a Cristo, e lhes dê sabedoria nas relações com as autoridades iranianas.

– órgãos e governos internacionais, bem como de dentro do Irã, possam pressionar as autoridades e levá-las a agir em defesa dos direitos humanos e em respeito aos direitos de todos os cidadãos iranianos à liberdade religiosa.

_________________________

Por: Redação l ANAJURE
Com informações de Middle East Concern