Escrito em por . Atualizado em 30/04/2018 09:50h.

india - bandeiraNa último dia 19, Thangaraj Ramasamy, um cristão de Tamil Nadu, foi agredido por um vizinho sob a acusação de compartilhar de sua fé com hindus. O trabalhador cristão, natural do distrito de Coimbatore, sofreu graves ferimentos em sua cabeça e ombros no ataque. Há uma preocupação mundial acerca do crescimento das campanhas anticristãs na Índia.

A vítima é ex-partidária do Partido Bharatiya Janata (BJP) e há 15 anos converteu-se ao cristianismo. Thangaraj disse para a polícia no Relatório de Primeira Informação (FIR), que seu vizinho havia o assediado, exigindo que ele pagasse os impostos do templo hindu; e ao recusar-se à pagar, o acusado, que foi preso e permanece sob custódia policial, ameaçou matá-lo.

O estado de Tamil Nadu testemunhou nos últimos meses um crescimento nas campanhas anticristãs, sem nenhuma intervenção por parte do governo central ou estadual. As Igrejas Pentecostais do Sínodo de Tamil Nadu, em resposta aos ataques, organizaram uma reunião em massa em 17 de abril, onde 20 mil cristãos de vários distritos do estado se juntaram para protestar pela causa. O sínodo observou que o estado testemunhou cerca de 60 incidentes de violência contra cristãos nos últimos 15 meses. Um memorando convocando o governo a agir foi apresentado ao ministro chefe de Tamil Nadu, Edappadi Palaniswami.

Segundo grupos locais de monitoramento, uma forma de nacionalismo hindu antes desconhecida em Tamil Nadu, a ideologia Hindutva, está se enraizando e sendo promovida no estado por meio de grupos políticos como o hindu Munani e o hindu Makkal Katchi. Grupos da sociedade civil também se mostraram preocupados com o aumento das atividades anticristãs do estado e com a possibilidade deste fato ser resultado do vácuo atual em uma forte liderança em Tamil Nadu desde a morte do ex-ministro chefe, Jayalalithaa, em dezembro de 2016.

Mervyn Thomas, chefe executivo da Christian Solidarity Worldwide, disse: ““é muito preocupante ver que os grupos nacionalistas de linha dura estão sendo autorizados a definir a agenda religiosa para Tamil Nadu. Sua ideologia de intolerância e política comunitária polariza as comunidades. Instamos o governo de Tamil Nadu a tomar medidas para impedir a disseminação de valores contrários à constituição indiana, que garante a liberdade de pensamento e consciência. O governo de Tamil Nadu pode dar um exemplo aos outros estados da Índia de um nível mais alto de tolerância religiosa, garantindo que aqueles que intimidam, assediem ou ataquem as minorias religiosas sejam julgados e ofereçam às minorias religiosas a garantia de que serão protegidos”.

_______________________
Por: Redação l ANAJURE
Com informações da Christian Solidarity Worldwide (CSW)