Escrito em por . Atualizado em 12/04/2019 08:03h.

Uziel.IHRF

 

Ontem (11), em Oxford, Reino Unido, foi lançado o “Institute of the History of Religious Freedom” (IHRF), uma coalização do Instituto Internacional de Pesquisa e Estudos Jurídicos em Liberdades Civis Fundamentais (FCL LAW), Regent’s Park College da Oxford University, ANAJURE e International Institute for Religious Freedom (IIRF), cujo objetivo é incentivar o desenvolvimento da pesquisa e investigação acadêmica. Estiveram presentes, no ato de inauguração, algumas autoridades, dentre as quais se destacam o Reitor do Regent’s Park College, Dr. Robert Ellis, e o Dep. Roberto de Lucena, novo Presidente da Frente Parlamentar da Liberdade Religiosa no Brasil.

Dr. Uziel Santana, presidente da ANAJURE, destacou que “ano após ano, a ANAJURE vem consolidando, cada vez mais, a dimensão internacional das suas atividades, por meio da solidificação de parcerias profícuas e frutíferas, trazendo benefícios efetivos à construção de uma consciência de valorização das liberdades civis fundamentais e, especialmente, da liberdade religiosa. Neste sentido, já estamos planejando oportunidades de intercâmbios de estudantes e pesquisadores da liberdade religiosa, com publicações, seminários e cursos anuais na Universidade de Oxford, no Reino Unido. Participar ativamente de uma iniciativa como esta é mais um marco histórico para a ANAJURE, com a qual os juristas e pesquisadores brasileiros terão o privilégio de contribuir” .

WhatsApp Image 2019-04-11 at 15.51.59Em continuidade às atividades do “Academy for Parlamentarians and Lawyers”, o período matutino deste segundo dia de aulas foi preenchido pelo Dr. Martin Allaby¹ que ministrou sobre “Inequality, Corruption and Religious Freedom”, tema no qual é especialista e vem se dedicando a pesquisar há algumas décadas. Na parte da tarde, a Profa. Dra. Stephanie Berry falou sobre “Multiculturalism, Tolerance and Religious Diversity”, trazendo discussões enfáticas para os participantes. Até o o fim do curso, ainda haverá temas como “Advocating for Religious Freedom, a global assessment”, “Equality, Freedom and Religion” e “UN and OAS mechanisms on Freedom of Religion or Belief”.

 


¹Doutor pelo Oxford Centre for Mission Studies. Ele é o autor do livro “Desigualdade, Corrupção e a Igreja”, preside uma ONG, em Oxford, chamada “Faith in Government” e trabalha como médico no “Instituto Nacional de Saúde e Excelência Clínica”, em Londres. Trabalhou por dez anos no sul da Ásia e realizou pesquisas de campo no Laos, Camboja, Mianmar, Vietnã, Filipinas, Quênia, Zâmbia e Peru. Ele ajudou a Missão das Nações Unidas no Nepal a concentrar sua estratégia na redução da pobreza e trabalhou para o Departamento de Desenvolvimento Internacional do Reino Unido na reforma do setor da saúde

²Professora de Direito Público da Universidade de Sussex. Ela possui um pós-doutorado na Universidade Brunel (2013), um mestrado em Direito Internacional dos Direitos Humanos da Universidade de Lund / Raoul Wallenberg Institute of Human Rights and Humanitarian Law (2008) e bacharel em Direito pela Universidade de Manchester (2003). Anteriormente trabalhou como professora associada na Universidade de East Anglia (2011-13) e como assistente de pesquisa e professora horista na Universidade Brunel (2008-11). A pesquisa de Stephanie centra-se nos direitos das minorias religiosas e “novas” na Europa, de acordo com o direito internacional. Sua tese de doutorado considerou “O Valor Adicionado da Proteção de Direitos das Minorias para os Muçulmanos na Europa Ocidental: Abordagens Multiculturalistas e Direito Internacional”.