Escrito em por . Atualizado em 03/12/2019 08:52h.

[Encerramento do ENAJURE em Belém]

O último dia do 6º ENAJURE teve conferências, apresentação de artigos e posse da nova diretoria da ANAJURE de 2020 a 2024, conforme vamos detalhando a seguir.

Iniciamos o sábado (30) realizando um momento de devocional dirigido pela Dra. Sindy Santiago, com ministração da palavra pelo Reverendo Vagner Queiroz, representante da Visão Mundial. Dr. Vagner leu o salmos 84, versos 1 a 6, discorrendo sobre o que é ter uma vida abundante real, na perspectiva do Reino de Deus, com a consciência de que tudo o que Ele faz é bom, mesmos nos altos e baixos da vida e ainda que não entendamos, pois Deus é Soberano.

O Dr. Sérgio Queiroz iniciou a primeira conferência do dia, abordando o tema: Direitos Humanos, Transformação Social e Sociedade Civil. Ele é o atual Secretário Nacional de Proteção Global do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos; além de Procurador da Fazenda Nacional; Presidente da Fundação Cidade Viva e Diretor da Faculdade Internacional Cidade Viva; Mestre em filosofia e teologia; e Doutor em Teologia pela Trinity International University, Chicago/USA, com validação pela PUC/RJ.

Dr. Sérgio iniciou explicando o discurso sobre os direitos humanos ao longo da história, focando na ótica cristã desse tema e abordando os desafios para tratar direitos humanos no Brasil com equilíbrio, sem elevar ou esquecer pautas importantes englobadas nestes direitos, de forma que eles não estejam “encarcerados” em ideologias de direita ou de esquerda, e destacou: “Promover o bem de todos não é aceitar ou promover a ideia de todos”.

Em seguida, contamos com mais uma conferência, proferida pelo Dr. Eduardo Sabo Paes, sobre Compliance aplicado ao Terceiro Setor e Organizações Religiosas, inclusive, ele também abordou esse tema no ANAJURECast #2 que você pode ouvir neste link.

À tarde, o ENAJURE teve a apresentação dos Papers dos artigos do Concurso promovido pela ANAJURE, que estarão na Revista Brasileira de Direito e Religião (ReBraDiR), a ser publicada no início de 2020, com os seguintes autores e temas: Cíntia Santos – A Recepção dos Tratados Internacionais de Direitos Humanos no ordenamento jurídico brasileiro / Gabriel Dayan – A obrigatoriedade do Termo de Adesão ao voluntariado para cooperação entre o Poder Público e organizações religiosas / Igor Pacheco – O refúgio e a liberdade religiosa / Lucas Vianna e Matheus Carvalho – Introdução a uma compreensão dialógica cristã da pessoa humana aplicada aos Direitos Humanos / Leonardo Queiroz – O Dogma da autonomia religiosa do pensamento teórico em Dooyeweerd e suas contribuições para a academia brasileira / Gabriel Moura – O direito de liberdade no direito de família e a intervenção estatal e Gabriela Andrade – Perspectivas da autonomia confessional brasileira.

[Parte da diretoria da ANAJURE]

 

 

Por fim, após o último culto do evento, com mensagem bíblica ministrada pelo Dr. Ney Maranhão, o ENAJURE teve em seu encerramento a posse dos novos Diretores Nacionais, Conselho Consultivo, Coordenadores estaduais, e Coordenadores de departamentos. A estrutura organizacional mudou e você confere como fica a partir de 2020 nas artes abaixo:

 

 

 

 

Para entender a nova configuração organizacional da ANAJURE, ouça o ANAJURECast #5 apertando o play abaixo ou clicando aqui para ser direcionado ao SoundCloud.

http://