Escrito em por . Atualizado em 29/06/2017 11:43h.

_________________6445636d-99cc-4457-beda-dd1ad56f72d5

ao vivoComo parte da programação do Coimbra & Oxford Advanced Studies Program – Liberdades Civis Fundamentais: Liberdade Religiosa, Liberdade de Expressão e Objeção de Consciência, às 14 horas de hoje (29), pelo horário de Brasília, a ANAJURE, junto com as demais autoridades latino-americanas que participam do curso, promoverá uma celebração em homenagem ao jubileu de 60 anos do Regent’s Park College como um “Permanent Private Hall of Oxford University”, com discursos e afixação de placa comemorativa. Este evento poderá ser acompanhado ao vivo nas páginas do facebook da ANAJURE (aqui) e do FCL (aqui). 

As atividades do Coimbra & Oxford Advanced Studies Program seguiram na terça-feira (27) com aulas sobre “Ferramentas de Avaliação da Liberdade Religiosa: Vulnerabilidade e Resiliência das Minorias Religiosas”, trazendo vários dados atualizados sobre o perfil da perseguição religiosa no mundo.

Na manhã de ontem (28), Mervyn Thomas [1] e David Taylor [2] ministraram sobre o tema “Advogando pela Liberdade Religiosa: uma avaliação global”. O primeiro entende que, para além de um dever político, defender a liberdade religiosa irrestrita é a postura correta do ponto de vista teológico, também para se evitar os equívocos do passado e as perseguições, mortes e guerras contra os cristãos dissidentes; para ele, nem o próprio Deus não determinou a imposição da conversão forçada a ninguém. O segundo defendeu a importância de municiar os atores sociais – governos,  parlamentos, órgãos do poder judiciário, organizações não-governamentais, igrejas e grupos sociais minoritários – com os dados e informações corretas, propiciando sua formação e a educação conforme a complexidade da liberdade religiosa na atualidade.

mervyn

                                                                                                         [Aula do Mervyn Thomas]

_____________________

thomasNa tarde de ontem (28), o Dr. Martin Allaby [3] discorreu sobre sua pesquisa nomeada de “Desigualdade, Corrupção e Liberdade Religiosa”, demonstrando a relação umbilical entre a corrupção e a difusão da pobreza, traçando um paralelo sobre a religião predominante e seus efeitos sobre a desigualdade social.

Hoje (29), o Dr. Thomas Schirrmacher [4] também se fez presente no “Coimbra & Oxford Advanced Studies Program – Liberdades Civis Fundamentais: Liberdade Religiosa, Liberdade de Expressão e Objeção de Consciência” para falar sobre “Direitos Humanos, Estado secular e os inimigos da Liberdade Religiosa”. Ele frisou que os direitos humanos são uma decorrência imanente da perspectiva cristã criacionista e, desta forma, a dignidade que os seres humanos carregam não tem origem no estado, nem depende de pertencerem a uma determinada tradição religiosa, razão pela qual a liberdade de crença deve ser a mais ampla possível, alcançando, inclusive, a liberdade de expressão até mesmo no espaço público. Desta forma, o Estado seria apenas um mero garantidor das liberdades civis fundamentais, tal qual previsto nos atos normativos internacionais, cujo corolário é Declaração dos Direitos Humanos de 1948.

Este curso é uma idealização da ANAJURE e do FCL LAW (Instituto Internacional de Pesquisas e Estudos Jurídicos em Liberdades Civis Fundamentais), em parceria com o Ius Gentium Conimbrigae (Centro de Direitos Humanos da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra) e Regent’s Park Collegeda Universidade de Oxford, com apoio da ANAMEL – Associação Nacional de Magistrados Evangélicos e IPPFoRB (International Panel of Parliamentarians for Freedom of Religion or Belief).

______________________________

_____________________________________________

[1] Chairman da Religious Liberty Partnership, Presidente da Sociedade de Liberdade Religiosa (uma rede internacional de organizações voltadas para a liberdade religiosa) e é membro do Grupo Consultivo do Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido para a liberdade de religião ou crença. Mervyn é Diretor Executivo desde 1999 e foi um dos membros fundadores da CSW há mais de trinta anos, uma das mais importantes NGO que promovem a Liberdade Religiosa no mundo. Um apaixonado defensor do direito à liberdade religiosa e palestrante em conferências e igrejas no Reino Unido e internacionalmente.

[2] Professor e analista de relações internacionais com foco especial no Oriente Médio. Ele passou 17 anos no UK Foreign and Commonwealth Office, a maior parte focada no Oriente Médio e Norte da África. Atualmente, ele faz o trabalho editorial de Oxford Analytica, Lausanne Movement entre outros, e trabalha como presidente do conselho de curadores da Christian Solidarity Worldwide (CSW),  Religious Liberty Partnership em questões sobre liberdade religiosa internacional.

[3] Ele é um professor, doutor, pesquisador britânico de alto gabarito na área de saúde pública, trabalhou por dez anos no sul da Ásia e realizou pesquisas de campo no Laos, Camboja, Mianmar, Vietnã, Filipinas, Quênia, Zâmbia e Peru. Durante a insurreição e a revolução maoístas no Nepal, ele ajudou a Missão da ONU no Nepal a concentrar sua estratégia na redução da pobreza e trabalhou para o Departamento de Desenvolvimento Internacional do Reino Unido na reforma do setor da saúde. Ele é o autor de “Desigualdade, Corrupção e a Igreja”, preside uma ONG em Oxford chamada Faith in Government e trabalha no Instituto Nacional de Saúde e Excelência Clínica em Londres.

[4] Ele é presidente do Conselho Internacional da Sociedade Internacional para os Direitos Humanos e Embaixador para os Direitos Humanos da Aliança Evangélica Mundial; presidente da comissão teológica e diretor do Instituto Internacional de Liberdade Religiosa (Bona, Cidade do Cabo, Colombo), a maior rede de pesquisa para a liberdade religiosa e contra a perseguição de cristãos e outros. Estudou teologia de 1978 a 1982 em STH Basileia (Suíça) e, desde 1983, Antropologia Cultural e Religiões Comparadas na Universidade Estadual de Bonn. Ele ganhou um Drs. Theol. Em Missiologia e Ecumenismo na Universidade Teológica (Kampen / Holanda) em 1984; um Dr. Theol. Em Missiologia e Ecumenismo na Fundação Johannes Calvin (Kampen / Países Baixos) em 1985; Doutorado de Filosofia em Antropologia Cultural na Pacific Western University, em Los Angeles (CA) em 1989; um Doutorado de Teologia em Ética no Whitefield Theological Seminary em Lakeland (FL) em 1996; e outr Doutorado em Filosofia em Religiões Comparadas / Sociologia da Religião na Universidade Estadual de Bona em 2007. Em 1997, recebeu um doutorado honorário da Casa Teológica de Cranmer, em 2006, da Universidade de Atos em Bangalore. Schirrmacher é professor de sociologia da religião na Universidade Estadual do Oeste em Timisoara (Romênia) e Distinguido Professor de Ética Global e Desenvolvimento Internacional na William Carey University em Shillong (Meghalaya, Índia). Ele também é presidente dos Institutos Europeus de Seminários e Pesquisas Teológicas de Martin Bucer com campus, p. Ex. Em Bonn, Berlim, Zurique, Innsbruck, Praga e Istambul, onde ensina a ética e as religiões comparadas.  Ele testemunha regularmente no parlamento alemão e outros parlamentos na Europa, no parlamentar da UE em Bruxelas, na OSCE em Viena e no Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas em Genebra. É conselheiro da primeira-ministra alemã, Angela Merkel, para assuntos religiosos. Já visitou e trabalhou com a maioria dos chefes das igrejas cristãs, bem como líderes de todas as religiões do mundo. Tem dezenas de livros publicados em várias línguas, mas não ainda em português, além de artigos, palestras, aulas, etc, em vários continentes. O professor é parceiro da ANAJURE desde 2014 e já esteve presente, inclusive, em alguns eventos organizados por nós em Brasília e São Paulo.