Escrito em por . Atualizado em 02/05/2019 21:24h.

holocaustro

Nessa quinta-feira (02/05), às 04h00 de Brasília, Israel parou por dois minutos ao som de sirenes (às 10h00 no horário local) em memória aos seis milhões de judeus vítimas do nazismo na Segunda Guerra Mundial. Na ocasião, o tráfego para e motoristas descem, bem como, pedestres, lojistas e estudantes em escolas silenciam a fim de relembrar os sofrimentos da guerra e a resistência do povo judeu[1].

Em que pese 27 de janeiro ter sido designado pela Organização das Nações Unidas (ONU) como Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, tendo como referência a data de libertação dos prisioneiros em Auschwitz-Birkenau[2], a data em Israel obedece o calendário judaico (27 de Nissam[3]) e faz menção à revolta do gueto de Varsóvia em 1943, que trouxe importantes desdobramentos na identidade judaica e israelense, por isso durante todo o dia são realizadas cerimônias em escolas, instituições e bases militares do país.[4]

A Associação Nacional de Juristas Evangélicos (ANAJURE), observa essa data com respeito e se solidariza com o povo Israelense e semita, reconhecendo o legado humano, cultural e jurídico de seu povo, especialmente no que se refere à ética judaico-cristã como norteadora do que se concebe atualmente por Estado Democrático de Direito.

Por fim, congratula o governo brasileiro por ter se solidarizado com a data, notadamente através da iluminação das torres do Congresso Nacional com a frase “Holocausto nunca mais”[5], afirmação também anelada pela ANAJURE em sua atuação institucional primordial, em que figuram com destaque a defesa da liberdade religiosa e de expressão e o princípio da dignidade da pessoa humana.

Brasília – DF, 02 de maio de 2019

Dr. Uziel Santana dos Santos

Presidente

Associação Nacional de Juristas Evangélicos (ANAJURE)


[1]https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/mundo/2019/05/02/interna_mundo,752685/israel-recorda-o-holocausto.shtml

[2]https://news.un.org/en/story/2011/01/365352-un-marks-holocaust-memorial-day-exhibitions-and-pledges-never-again

[3]http://www.conib.org.br/frase-holocausto-nunca-mais-ilumina-as-torres-do-congresso-em-brasilia/

[4]http://agenciabrasil.ebc.com.br/internacional/noticia/2018-04/israel-para-e-lembra-os-6-milhoes-de-vitimas-do-holocausto

[5]Op. cit.