Escrito em por . Atualizado em 03/02/2017 16:09h.

fevereiro. oea (2)

[Staff da ANAJURE com o Secretário-Geral da OEA, Luis Almagro, e a Secretária de Acesso a Direitos e Equidade da OEA,Ideli Salvatti / ANAJURE].


ANAJURE. OEANa última terça-feira (31), nos Estados Unidos, o Termo de Cooperação entre a ANAJURE e a Organização dos Estados Americanos (OEA) foi assinado pelo Secretário-Geral da OEA, Luis Almagro, e pelo Presidente da ANAJURE, Dr. Uziel Santana, com o objetivo de trabalhar em ações conjuntas que foquem em: – defesa da liberdade religiosa na América Latina; – colaboração para criação de programas, projetos, atividades de promoção dos direitos humanos fundamentais, especialmente para grupos vulneráveis; – facilitação de atividades acadêmicas de pesquisa e capacitação sobre direitos humanos e inclusão social; – p
articipação e organização conjunta de conferências, seminários e outras reuniões sobre questões de interesse comum; – além da colaboração na criação de programas e atividades relacionadas ao apoio e à proteção dos refugiados, projetos de ajuda humanitária e ao desenvolvimento regional na América Latina.

fevereiro. oea (5)

[Reunião na OEA com a Secretária de Acesso a Direitos e Equidade (SADE), Ideli Salvatti] 


O presidente da ANAJURE, falando sobre os próximos passos, disse: “Missão cumprida aqui na Organização dos Estados Americanos (OEA). Estamos muito felizes com o acordo de cooperação firmado, porque nos permitirá atuar de modo oficial perante os vários órgãos da OEA, em defesa dos nossos valores e princípios e dos mais vulneráveis na América Latina. Os próximos passos serão no sentido de implementar os projetos aqui discutidos e acertados na área de liberdade religiosa, educação, pesquisa acadêmica em direitos humanos em geral, etc. Além disso, teremos 2 membros da ANAJURE prestando serviços à OEA, um ligado à Comissão de Direitos Humanos e outro ligado à Secretaria de Acesso a Direitos e Equidade, numa parceria com a Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Nossa equipe de advogados segue firme monitorando a Corte e a Comissão Interamericana de Direitos Humanos e prestando toda assistência à igreja perseguida, refugiados e deslocados internos no continente latino-americano. Temos muito trabalho pela frente, com a graça de Deus. Nossa gratidão ao Secretário-Geral da OEA, Luis Almagro, e à Secretária de Acesso a Direitos e Equidade da OEA, Ideli Salvatti, pelo incentivo, apoio e parceria. 
Minha gratidão à nossa equipe de juristas que atuam na OEA, na pessoa do seu coordenador, Dr. Felipe Augusto Carvalho”.

Reunião com o Embaixador Gabriel

[Reunião na OEA com o Embaixador Gabriel Bidegain]

Outras reuniões ocorreram até esta sexta-feria (03), visando estabelecer um cronograma de atividades e os desdobramentos da assinatura deste documento. Um dos frutos desta parceria, conforme agendado com o Embaixador Gabriel Bidegain, é que no mês de setembro ocorrerá no Brasil, em São Paulo, o lançamento do Projeto Casa Comum, uma plataforma de diálogo inter-religioso e intercultural da OEA, que contará com apoio da Universidade Presbiteriana Mackenzie e presença do Secretário-Geral da OEA.