Escrito em por . Atualizado em 22/02/2019 11:55h.

765596f0-4afd-4d2c-ba6b-0cd4516950f5

Foto: André de Lima Madureira (Assistente de reassentamento do ACNUR Brasil), Uziel Santana (Presidente da ANAJURE), José Egas (Representante do ACNUR Brasil) e Dra. Edna Zilli (Assessora de assuntos parlamentares da ANAJURE) em reunião no ACNUR.

Nesta semana, presidente e diretores da ANAJURE estiveram na capital federal cumprindo agendas institucionais, visando às ações de cooperação com o poder público.

eff19bab-0eba-47c2-b84c-f6f3dd82291b[Diretores da ANAJURE no DNU/MRE]

Na terça-feira (19), a Dra. Edna Zilli (diretora de assuntos parlamentares da ANAJURE) esteve reunida com a Dra. Madalena Carneiro (coordenadora regional da ANAJURE no Distrito Federal) no Congresso Nacional. Ao mesmo tempo, o Dr. José Júlio dos Reis (membro do conselho diretivo da ANAJURE), esteve no gabinete dos 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e protocolou considerações da ANAJURE sobre o voto do Relator da Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão 26 (ADO 26), Min. Celso de Melo, quanto à criminalização de todas as formas de homofobia e transfobia (veja a nossa nota pública sobre isso aqui).

 “O julgamento da ADO 26 é um marco para a ANAJURE. Foi a primeira vez que uma organização cristã evangélica brasileira pôde influenciar diretamente a formação do juízo em um caso na mais alta corte do país. Graças ao bom Deus, já temos visto frutos desse trabalho e, até o presente momento, praticamente todos os Ministros que já se manifestaram teceram considerações sobre a garantia da Liberdade Religiosa e de Expressão envolvendo temas tão sensíveis. Agradecemos a todos os membros que se envolveram neste labor e, em especial, aos nossos diretores, fiéis companheiros, que, em meio a lide diária, também puderam nos acompanhar em visitas a demais órgãos e poderes. Certamente, virão novos planos e projetos nesse ano, porque a ANAJURE é uma organização que tem sua agenda pautada pela defesa das liberdades civis fundamentais”, disse o Dr. Uziel Santana, presidente da ANAJURE.

Continuando a agenda de reuniões, o presidente da ANAJURE se reuniu com o atual Representante do Alto Comissariado das Nações Unidas (ACNUR) no Brasil, o Sr. José Egas, na quarta-feira (20), para falar sobre a continuidade da relação que a ANAJURE desenvolve com o órgão e prestar contas do trabalho executado junto ao ANAJURE Refugees e à Frente Parlamentar Mista de Refugiados e Ajuda Humanitária (FPMRAH).

52352374_10213204782507144_859401030121553920_nEm seguida, o Dr. Uziel Santana seguiu para reunião com o Diretor do Departamento de Nações Unidas do Ministério das Relações Exteriores (DNU/MRE), o Embaixador Luís Fernando Abbott Galvão, para tratar sobre novos projetos de cooperação institucional, cujo memorandum of understanding (MoU) será oficializado nas próximas semanas.  Na ocasião, estiveram presentes Diplomatas do  novo departamento do MRE, a Divisão de Ajuda Humanitária, no qual atua a Diplomata Daniele Luz, que já trabalhou no corpo diplomático brasileiro da Embaixada da Síria e acompanhou missões humanitárias do ANAJURE Refugees no Oriente Médio (leia mais aquiaqui).

Finalizando a agenda da semana no DF, a ANAJURE também foi recebida pela Ministra Damares Alves no Ministério dos Direitos Humanos (MDH) [foto ao lado], onde a ANAJURE foi convidada para colaborar tecnicamente com assuntos relativos à pauta dos direitos humanos do governo.