Escrito em por . Atualizado em 01/06/2015 17:51h.

[Read the news in english – Brazilian delegation ends Official Mission of ANAJURE Refugees and FPMRAH in Amman / Jordan to execute projects for refugees host and humanitarian aid in partnership with UNHCR]

IMG-20150530-WA0004

A Frente Parlamentar Mista para Refugiados e Ajuda Humanitária (FPMRAH), representada pelo Dr. Uziel Santana (Coordenador do projeto ANAJURE Refugees e Presidente da ANAJURE – entidade fundadora da FPMRAH como representante da sociedade civil), e assistida pela Psicóloga Elizete Lima, e pelo Jornalista Asaph Borba, ambos do Projeto ANAJURE Refugees, com o apoio do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados do Brasil e da Jordânia, (sigla em português ACNUR e UNHCR em inglês), terminaram no dia de ontem, 29 de maio, em Amã, a missão oficial que teve como objetivo conhecer a realidade dos refugiados advindos da guerra da Síria e da perseguição religiosa imposta pelo ISIS no Iraque.

A comitiva brasileira também teve a oportunidade de observar como funciona a estrutura administrativa do ACNUR na Jordânia e como se dá o processo de acolhimento e assistência aos refugiados, para analisar casos em que o Brasil poderá cooperar através do projeto que está em fase de discussão e finalização com o ACNUR/Brasil e o Itamaraty.

IMG_3542

O grupo brasileiro conheceu casos específicos de famílias sírias cadastradas no programa de apoio do ACNUR, visitou o segundo maior campo de refugiados do mundo, o Zaatari, que tem cerca de 84 mil pessoas, e se reuniu com autoridades locais que deram apoio ao projeto.

Entre os maiores objetivos deste trabalho de campo, está a possibilidade de acolhimento de crianças órfãs ou desacompanhadas e as famílias de maior vulnerabilidade social.

“Nosso programa de acolhimento de refugiados e ajuda humanitária tem dois eixos fundamentais: por um lado, através da FPMRAH, estaremos investindo em projetos que visam ao recebimento de refugiados em nosso país e na consecução de projetos de desenvolvimento nos campos e locais urbanos onde habitam refugiados aqui na Jordânia. O outro eixo fundamental do nosso projeto, é a participação da sociedade civil brasileira através, tanto do acolhimento, quanto do investimento em locais onde os refugiados vivem em estado de calamidade”, pontuou o Dr. Uziel Santana.

IMG_3813

[Escola do Patriarcado Latino em Marka]

“Não mediremos esforços e ações políticas para que o Governo Brasileiro trabalhe no sentido de acolhimento de crianças órfãs, por causa da guerra”, afirmou o presidente da FPMRAH, Deputado Federal Leonardo Quintão.

A comitiva brasileira volta bastante motivada e comprometida com a catastrófica situação em que vivem os refugiados em Zaatari e outros locais do Oriente Médio.

“Nas próximas semanas, em conjunto com o ACNUR Brasil e o ACNUR Jordânia, trataremos de discutir como o Brasil pode efetivamente ajudar nessa questão. Estamos bem avançados no que diz respeito ao registro desta audiência e nas possíveis consequências positivas que isso pode acarretar ao nosso país”. Pondenrou o Dr. Jonas Moreno, Diretor para Refugiados e Ajuda Humanitária da ANAJURE.

IMG_3387          Visita da comitiva brasileira à família síria refugiada em Amã/Jordânia sob os cuidados do ACNUR

 

Na volta ao Brasil, como primeira medida administrativa da FPMRAH, o ANAJURE Refugees realizará em Brasília, no próximo dia 16 de junho, o 1º Seminário interinstitucional para Refugiados e Ajuda Humanitária, com participação do ACNUR Brasil, Itamaraty e Cruz Vermelha. 

_______________________________________________________
Por: Wanda Galvão l Tradução para o inglês: Felipe Augusto l ANAJURE